Passo 2: Cadastramento de imóveis

1 – Cadastre o profissional responsável pela avaliação do imóvel oferecido em garantia, quando houver;

2.1

2 – Cadastre a avaliação. Nessa janela busca-se o interessado – que é o cliente – já cadastrado no momento anterior e, em seguida, inserem-se os comentários nos campos específicos;

2.2

3 – Cadastre o(s) imóvel(is) objeto(s) da avaliação. Nessa aba devem ser inseridos os dados de todos os bens avaliados, aos quais são atribuídos valores do terreno e também das benfeitorias existentes;

2.3

4 – Nessa janela faz-se o registro dos componentes do(s) imóvel(is) discriminando, principalmente, aqueles que possam ser oferecidos em garantias, tais como: prédios, galpões, máquinas etc. Esse procedimento se torna ainda mais importante quando forem considerados como base de dados para compor o Usos e Fontes (Ativo e Passivo), ou seja, o existente da empresa.

Atentar para a resposta da seguinte pergunta que surge no momento de se cadastrar o imóvel: “Valores dos componentes afetam cálculos do projeto?”. Quando esse imóvel não for ser considerado na formação do existente, responder “NÃO”, e caso vá ser utilizado como parâmetro para a formação do existente, responder “SIM”.

Procedimento idêntico deve ser adotado quando estiver registrando os componentes ao responder a seguinte pergunta: “Compõe o Imóvel?”. Caso esse componente não vá compor a garantia, responder “NÃO”, e se for compor a garantia, responder “SIM”.

2.4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s